• Share to Facebook
    • Twitter
    • Email
    • Print

April 22, 2011

Workshops da HSI Reúnem Centenas de Ativistas no Brasil

Encontros no Rio e no Recife trazem conscientização a respeito dos impactos da produção animal industrial no Brasil

Humane Society International

  • Carvalho discute o confinamento intensivo. Lucio Adeodato

  • Carvalho com palestrantes e defensores. Lucio Adeodato

  • Petiscos vegetarianos. Eduardo Kenji

  • Defensores se reunem. Eduardo Kenji

  • Tavares explica. Lucio Adeodato

Em março deste ano, mais de 200 defensores do meio ambiente, dos animais, de saúde pública e de direitos humanos se encontraram no Rio de Janeiro e no Recife para dois encontros realizados pela HSI sobre a criação industrial de animais para consumo. O objetivo desses encontros foi capacitar os participantes a respeito dos diversos impactos ambientais e sociais da produção animal industrial e, então, discutir ações e esforços que podem ser feitos para combater estes problemas no Brasil.

Entre os palestrantes estava Leslie Tavares, servidor do IBAMA e ex-coordenador da Operação Boi Pirata na Amazônia, que explicou que “o cultivo de soja para produção de ração animal e a abertura de pastos para o gado têm sido os maiores desafios no nosso trabalho de conter o desmatamento ilegal na Amazônia." Leslie destacou que, embora a regulação e a fiscalização sejam caminhos importantes, não haverá uma solução a longo prazo se não adotarmos uma cultura de consumo mais consciente.

Guilherme Carvalho, Gerente de Campanhas da HSI no Brasil, também encourajou uma alimentação mais consciente. Falando sobre os impactos da indústria no bem-estar animal, Guilherme expôs a crueldade rotineira a que são sujeitas as galinhas poedeiras e as porcas reprodutoras nas granjas industriais. A maioria das galinhas poedeiras no Brasil são praticamente imobilizadas nas chamadas “gaiolas em bateria,” e a maioria das porcas reprodutoras passam quase a totalidade dos 114 dias de cada gestação confinadas em “celas de gestacão,” espaços tão pequenos que não conseguem caminhar nem se virar dentro delas. Guilherme enfatizou que “assim como os cães e gatos, os animais de produção podem sofrer e merecem o nosso respeito. Quando optamos por produtos animais gerados com menos sofrimento, como os ovos caipiras, e quando reduzimos o nosso consumo de carnes, leite e ovos, estamos ajudando os animais e o meio ambiente".

O Dr. Eric Slywitch, Coordenador do Departamento de Medicina e Nutrição da Sociedade Vegetariana Brasileira, falou sobre os benefícios de dietas centradas em alimentos de origem vegetal e ressaltou que "as evidências científicas mostram que dietas centradas em carne aumentam o risco para as principais doenças crônicas não transmissíveis, como cânceres, doenças cardiovasculares e diabetes."

Ao final dos workshops, os participantes debateram formas de combater a criação industrial de animais, tanto em nível local quanto em nível nacional. "Somente nos unindo poderemos alcançar esta mudança de consciência. Gostei muito e pretendo ajudar na causa", disse Alexandra Vasconcelos, servidora pública em Recife. A HSI realizou um workshop parecido no ano passado em São Paulo e continuará promovendo eventos como esse em cidades por todo Brasil, visando sensibilizar e empoderar brasileiros a se juntarem ao movimento global contra a produção animal industrial.

  • Sign Up

    Coloque aqui seu nome e e-mail e fique por dentro das notícias!

  • Take Action