• Share to Facebook
    • Twitter
    • Email
    • Print

March 13, 2013

Coelhos e roedores da HSI e ProAnima visitam o Ministério da Saúde para pedir que governo acabe com testes em animais para cosméticos no Brasil

Humane Society International

BRASÍLIA—Ativistas fantasiados de coelhos e roedores se reunirão em frente ao Ministério da Saúde, hoje ao meio-dia, para promover a campanha nacional “Liberte-se da Crueldade”, que visa acabar com testes em animais para cosméticos no Brasil. Coelhos e outros roedores são as espécies mais comumente usadas em testes de cosméticos.

Organizado por grupos de proteção animal como a Humane Society International (HSI) e a ProAnima, o ato público pacífico marcará a semana mundial “Liberte-se da Crueldade” e a implementação da proibição da venda de cosméticos recém-testados em animais na União Europeia. Os ativistas fantasiados também exibirão um banner pedindo que o governo brasileiro acabe com a crueldade dos testes em animais.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) continua a depender fortemente de testes de toxicidade que usam coelhos, porquinhos-da-índia e outros animais para a avaliação da segurança de ingredientes e até mesmo alguns produtos acabados. No entanto, em outras partes do mundo, incluindo o maior mercado mundial de cosméticos – a União Europeia –, os testes animais para cosméticos já são proibidos, o que mostra claramente que a experimentação animal não é necessária para a produção de produtos de beleza seguros.

Helder Constantino, gerente da campanha “Liberte-se da Crueldade” da HSI no Brasil disse: "Os coelhos e os roedores da HSI e da ProAnima trazem uma mensagem séria para o governo: o sofrimento e as mortes dos animais em laboratórios no Brasil são desnecessários e cruéis. Proibir os testes em animais para cosméticos irá acelerar o desenvolvimento de métodos alternativos mais seguros e éticos. A Europa e Israel já fizeram isso, e a Índia está prestes a fazer o mesmo. O que o Brasil está esperando?".

A ProAnima, grupo de proteção animal do Distrito Federal, é parceira da HSI na campanha “Liberte-se da Crueldade” para acabar com todos os testes de cosméticos em animais no Brasil. Simone de Lima, diretora da ProAnima, disse: “Creio que quase ninguém, em sã consciência, defenda a necessidade de testes cruéis em animais para poder usar um xampu, um batom ou um creme. Basicamente, o uso de produtos testados em animais decorre da falta de conhecimento sobre como são estes testes e sobre as alternativas existentes. Estamos muito felizes com a proibição dos testes na Europa e trabalharemos para que no Brasil a indústria evolua e siga o exemplo de tantas empresas que já aderiram à beleza sem crueldade".

Uma recente pesquisa de opinião realizada a pedido da HSI revelou que dois terços dos brasileiros apoiam a proibição nacional do uso de animais para testes de produtos de beleza. A HSI e a ProAnima pedem ao governo brasileiro o fim desses testes ineficientes e antiéticos.

Contato para a imprensa:

HSI: Helder Constantino, +55 (21) 8342-4163, hconstantino@hsi.org

ProAnima: Simone de Lima, +55 (61) 8154 8026, proanima@proanima.org.br 

Notas:

1. A proibição da UE tornará ilegal, a partir de 11 de Março de 2013, a venda de cosméticos que foram testados, ou tiveram seus ingredientes testados em animais após esta data. Portanto, a medida proíbe a venda de novos cosméticos testados em animais e obriga as empresas a utilizar ingredientes já aprovados em seus produtos. Cosméticos e ingredientes livres de crueldade são aqueles que não foram sujeitos a testes em animais depois de uma data especificada, porque eles já são considerados seguros.

2. Todos os indicadores da pesquisa mencionada nesse comunicado, salvo indicação em contrário, são provenientes da IBOPE Inteligência. O tamanho total da amostra foi de 2.002 entrevistas. O trabalho de campo foi realizado de 15 a18 de fevereiro de 2013. A pesquisa foi realizada por meio de entrevistas pessoais conduzidas pelo IBOPE. A amostra é representativa da população brasileira maior de 16 anos de idade. A margem de erro dos resultados é de dois pontos percentuais. A pesquisa pode ser acessada aqui.

A Humane Society International (HSI) e suas organizações parceiras constituem juntas uma das maiores e mais importantes organizações de proteção animal do mundo. Por mais de 20 anos, a HSI vem lutando para a proteção de todos os animais por meio de trabalhos de conscientização, educação e programas práticos. HSI: Celebrando todos os animais e confrontando a crueldade em todo o mundo: hsi.org/libertesedacrueldade.

A ProAnima, fundada em 2003, é uma ONG de defesa dos animais que atua no DF e em aliança com entidades nacionais e internacionais para promover relações harmoniosas entre humanos e outros animais. Seus voluntários estão engajados em campanhas para promover a conscientização da população para o respeito a todos os animais, a aplicação da legislação existente e o avanço em legislação e políticas públicas para o fim da exploração, crueldade e abuso destes seres. A ProAnima abraça a luta pelo fim dos testes de cosméticos em animais: proanima.org.br.


 

  • Sign Up
  • Take Action
  • Take the global pledge to Be Cruelty-Free Sign Now

Media Contact List2