• Share to Facebook
    • Twitter
    • Email
    • Print

June 12, 2014

Prefeitura de Recife é pressionada para parar de remover cães das ruas nos preparativos para Copa

Humane Society International

  • arenacreative/istock

Depois de receber diversas reclamações sobre cães sendo removidos das ruas durante as preparações para a Copa do Mundo, e da falta de informação sobre o que será feito com esses animais, a Humane Society International (HSI) está pressionando a prefeitura de Recife para que esse plano seja interrompido e substituído por um programa humanitário de controle populacional de cães.

A HSI escreveu uma carta ao prefeito de Recife, Gerardo Julio, pedindo que a população de cães abandonados nas ruas seja controlada de forma humanitária e eficiente, por meio de programas de esterilização e vacinação.

Alexandra Rothlisberger, gerente sênior de animais de estimação da HSI na América Latina, disse: “A remoção desses cães não resolve a questão da superpolução e certamente não deveria ser considerada como forma de administrar esse problema nas cidades que serão sedes de jogos da Copa no Brasil. Programas de remoção ou ‘erradicação’ resultam em terríveis consequências para os animais. Iniciativas de esterilização e vacinação são as únicas soluções efetivas no longo prazo”.

Urge Recife officials to take a stand against unsporting—and inhumane—dog culls.

A HSI está apoiando iniciativas e campanhas de organizações locais no Brasil, incluindo programas de esterilização e vacinação gratuitos para pessoas que cuidam de cães abandonados, que muitas vezes são considerados cães comunitários no país. As outras organizações envolvidas nessa iniciativa são o Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal (FNPDA), Movimento de Defesa Animal de Pernambuco e Brala.

Contato de mídia:
Raúl Arce-Contreras, rcontreras@humanesociety.org, +1 (301) 721-6440

  • Sign Up
  • Take Action
  • 25 actions to help animals and HSI Take action now

Media Contact List2