• Share to Facebook
    • Twitter
    • Email
    • Print

December 3, 2015

Grupo Bimbo anuncia eliminação do uso de gaiolas para galinhas em sua cadeia de fornecimento

Humane Society International

  • HSI

O Grupo Bimbo, maior empresa de padaria industrializada da América Latina e dona de grandes marcas como Pullman e Ana Maria, se comprometeu a eliminar o uso de gaiolas em bateria para galinhas que produzem ovos em sua cadeia de abastecimento no Brasil e em todo o mundo. O Grupo Bimbo vai completar essa transição para ovos produzidos sem gaiolas até 2025.

No Brasil, mais de 80 milhões de galinhas poedeiras usadas para produzir ovos são confinadas por toda a vida em gaiolas de metal tão pequenas que elas não podem sequer andar ou esticar suas asas completamente.

A Humane Society International (HSI), uma das maiores organizações de proteção animal do mundo, classificou o anúncio do Grupo Bimbo como um passo importante. Elissa Lane, vice-diretora global de animais de produção da HSI, disse: “Os consumidores se importam com a forma como os animais são tratados na produção de alimentos e nós estamos felizes em ver o Grupo Bimbo dando a devida importância a esse assunto ao assumir o compromisso de somente comprar ovos produzidos sem gaiolas em sua cadeia de fornecimento. A nova política de compra de ovos da Bimbo tem o potencial de melhorar as condições de vida de inúmeros animais e envia uma clara mensagem à indústria avícola global de que o futuro é de uma produção livre-de-gaiolas”.

Rosalío Rodríguez, vice-presidente global de operações no Grupo Bimbo, anunciou que os esforços da empresa para realizar essa transição são a favor do bem-estar animal. "Com esse compromisso, o Grupo Bimbo honra seu modelo de responsabilidade social e nós acreditamos que essa ação irá se tornar uma prática comum no futuro".

A Bimbo se uniu a dezenas de empresas que já se comprometeram a eliminar o uso de gaiolas em bateria de suas cadeias de abastecimento – como a Unilever, Nestlé e General Mills.

O Grupo Bimbo também opera no México, Estados Unidos, Canadá, China, Reino Unido e outros países latino-americanos.

Contato de mídia:
Carolina Galvani, cgalvani@hsi.org, +11 98208 9645